05/02/08

A estupidez dos ciúmes

Na sexta-feira passada fomos os dois a um baile e eu lá levei o vestido novo (que apesar do preço astronómico, já tem algumas barbas de baleia a quererem espetar-se nas minhas pobres axilas...)! O baile foi muito giro, parecia que estávamos na revista Caras, com cerca de 3 mil convidados e com cada vestido... bolas!
Até um grupo de samba foi lá actuar uma meia-hora, mas estou desconfiada de que eram tão brasileiros como eu ;)
Mas fartámo-nos de dançar e voltámos para casa às 4.30. Mas em vez de irmos para a casa, estivémos a ouvir músicas dos Queen e a cantar que nem loucos... já a treinar para o espectáculo que vamos ver no dia 24 de Abril:


http://www.wewillrockyou.at/

No sábado foi o baile dos bombeiros e uma noite que devia ter sido super divertida, nao o foi.. mais uma vez devido aos meus ciúmes parvos do passado do Thomie, porque a estúpida da ex-namorada com quem ele viveu algum tempo, resolveu aparecer... com uma atitude de “eu sei, posso e mando”... e eu em vez de ficar na minha e me comportar de acordo com o amor que nos une, ou seja, ignorar a presença de alguém que merece ser apenas ignorado e mostrar como somos felizes juntos.. não! Fiquei triste que nem um cachorro com pulgas, cabisbaixa e com o orgulho lá bem em baixo...
Ele disse-me que o passado é passado, que não podia fazer nada, que não a tinha convidado, que o baile é um evento público e que não a podia expulsar ou matar (acho mal!) e que lhe era indiferente quem está ou deixa de estar, porque ele sabe quem quer ao seu lado para sempre: Euzinha!!
E disse-me mais uma data de coisas lindas... mas que o meu cérebro de libelinha teve dificuldade em filtrar, tanta era a raiva e a afronta da estúpida ter aparecido...
Depois de falarmos disso, desabafei com algumas amigas e num blog, onde por coincidência, foi abordado o tema do ciúme. Estes foram os raspanetes mais que acertados que recebi:

Uma amiga:
„Claro que a tua reação foi perfeitamente natural, por tudo, porque estás num país que não é o teu, pela aventura que estás a viver de teres deixado tudo por amor, porque a tua familia e os teus verdadeiros amigos estão cá... enfim montes de motivos para te teres sentido "formiguinha" por falar em formiga, sabías que este é único animalsinho que consegue levantar até 10 vezes o seu peso???????? Pois é as formigas não são medricas, são muito valentes e á assim que tu és, é por isso que apesar destes 6 meses não terem sido nada fáceis tu tens conseguido dar a volta por cima...”
Outra amiga:
“Tu tens que saber de uma vez por todas, que a mulher, a amante, a cúmplice, a amiga, a companheira, etc etc do Thomie, agora ÉS TU!!
Coitado do rapaz tem que estar sempre a levar com esse pincel! Em vez de curtires o teu maridão, aproveitar todas as horas, minutos e segundos, andas feita tonta a viver e recordar o passado dele. Não é justo amiga... Já pensaste alguma vez que isso pode destruir a vossa relação???
...se amas o Thomie, o que eu não duvido, ele também te ama a ti, por isso PÁRA com esses filminhos de miúda insegura!!! É ridículo, não faz sentido nenhum, aliás, não foi por essa mulher que o Thomie se apaixonou, por isso...... cuidado...... Nunca te esqueças destas palavras: não foi por uma pessoa insegura que o Thomie se apaixonou... Foi por uma mulher maravilhosa, linda, inteligente, extremamente segura de si (tanto, que deixou tudo e todos por amor, nem sequer olhou para trás!)
és uma mulher inteligente e sei que todos esses medos vão ser ultrapassados, confio plenamente em ti :)”
O blog: http://sexualidadesafectosemascaras.blogspot.com/
„Não acho estranho, nem sequer único, que tenha ciúmes do passado do seu companheiro! Por vezes acontece! Pode estar relacionado com falta de confiança, no seu companheiro e nas suas próprias capacidades. Talvez alguma falta de auto-estima. Mas Susy...vai ter que resolver isso, rapidamente. Que tal conversarem com toda a franqueza? Se ele diz que passado é passado, seria conveniente que a menina ouvisse, interiorizasse e compreendesse o que o seu companheiro lhe diz!Até prova em contrário, não tem motivo para desconfiança. Assim sendo, não deixe que seja o ciume a fazer algo que o passado do seu marido não conseguiu...Ou seja, não deixe que seja o ciume a infernizar a vossa relação e até, talvez mesmo, a acabar com ela.”

E toma lá que é para aprenderes!!!
É por estas e por outras que hoje vou direitinha para casa ter com o meu grande amor, para lhe dizer cara a cara o quanto amo, respeito, admiro... e que não vou deixar que uns fantasminhas gordos, peludos e sem charme nos tirem a nossa paz e tranquilidade!
Vou alugar um fato de caça-fantasmas, cantar a canção dos Ghostbusters e acabar com esta palhaçada minha!
Sinto-me forte, uma formiga poderosa, uma super-formiga...








Obrigado pelos abre-olhos e mimos... A amizade é, de facto, uma poção mágica com o poder de transformar muita coisa!!!

4 comentários:

Manuel Damas disse...

É assim mesmo!!!!!!
:))))))))))))))))
Parabéns pelo blog.

Carina M disse...

Não com muita experiencia de vida ou namorados, mas uma coisa é certa, ciume em demasia estraga tudo.
Bjs

Paula disse...

Parece-me que tiveste muito bons conselhos!... Não te esqueças de os cumprires à risca!

Jokinha grande!

RockyBalbino disse...

Olá Paula,
Que agradável surpresa ter descoberto este blogue a partir de um comentário que deixaste no meu. As actuações de portugueses no Estangeiro de que mais me orgulho não são as da Selecção Nacional de futebol, mas as de pessoas como tu, que levam o nosso calor humano e sinceridade além-fronteiras, onde faz falta o sol e sorrisos como o teu.
Quanto aos ciúmes, o remédio que acho mais eficaz é uma pessoa pensar como seria bem pior se a pessoa que amamos não estivesse connosco, e tivesse acabado por ficar com a outra!
E aproveitar! :)